Calcium 2-EAP Fosfoetanolamina

Home | Suplementos | Calcium 2-EAP Fosfoetanolamina
Calcium 2-EAP Fosfoetanolamina fosfoetanolamina - Calcium 2 EAP Fosfoetanolamina - Calcium 2-EAP Fosfoetanolamina
Calcium 2-EAP Fosfoetanolamina
4 (80%) 4 votos

Fosfoetanolamina é um composto químico orgânico que auxilia no processo de síntese de moléculas lipídicas promovendo o que fazem parte da membrana plasmática em diversos tipos de mamíferos, promovendo o Calcium AEP.

O Calcium AEP é um componente importante e essencial da estrutura das membranas celulares. Estudos afirmam o papel fundamental que esta substância desempenha na manutenção da integridade da membrana celular e na melhoria das funções celulares. O Calcium EAP pode ter um efeito benéfico no tratamento de inúmeras doenças despoletadas ou influenciadas por perturbações nas membranas celulares.

A reposição de níveis normais de Calcium AEP através da suplementação melhora a integridade das membranas, produzindo efeitos preventivos e terapêuticos num determinado número de doenças, como por ex. cancer e a Esclerose Múltipla. Um estudo realizado com mais de dois mil pacientes com esta doença inflamatória resultante da desmielinização dos nervos mostrou que o Calcium AEP possui uma eficácia superior à de outros tratamentos.
O cálcio AEP foi igualmente utilizado com êxito num determinado número de outras doenças:

  • Associado ao orotato de cálcio, diminui a descalcificação óssea e melhora a força e a densidade ósseas;
  • Nos asmáticos, normaliza as trocas gasosas pulmonares;
  • Nos diabéticos, melhora a regulação da glicose no sangue;
  • Previne e trata as complicações diabéticas causadas pelos metabolitos tóxicos da glicose;
  • É utilizado com êxito nas clínicas europeias para tratar problemas do sistema gastrointestinal, como gastrites ou colites;
  • Diminui a inflamação.

O que é calcium eap fosfoetanolamina?

A saúde de nossas células dependem de sua grande capacidade de manter todo material tóxico fora de nosso sistema. Isso inclui produtos químicos tóxicos e não biológicos, as endotoxinas produzidas por micróbios dentro do corpo e também concentrações nocivas de produtos químicos biológicos de diversas formas. Essa matéria tóxica tende a enfraquecer e atrapalhar a produção de energia dentro das células e é um fator importante em processos de doenças como câncer e síndrome de fadiga crônica.

Tanto os produtos químicos tóxicos assim como os que são úteis para nosso organismo entram em nossas células através dos poros especiais que fazem parte da parede celular. Se a célula estiver saudável, a entrada desses poros serão protegidas por produtos químicos específicos de controle, principalmente o sal de cálcio do fosfato, conhecido como etilamino-fosfato ou aminoetanol, também chamados de AEP/EAP ou fosfato de colamina. O AEP fica concentrado nesses pontos de entrada das células e também está ligado à parede celular onde ajuda a manter o cálcio em uma posição fixa.

AEP também possui a função de impedir a entrada de qualquer substância química indesejada nas células, além de ser eficaz no transporte de minerais essenciais dentro das células e através da parede celular. Sua função também inclui manter e restaurar o potencial da célula elétrica normal nos dois lados da membrana. O AEP também é chamado de “fator de integridade da membrana” ou vitamina MI, já que suas funções são vitais para realizar a manutenção da saúde das membranas celulares.

É muito comum que conforme nossa idade avança, nossas células estejam mais abertas aos ataques de substâncias químicas e toxinas indesejáveis, pois a produção de AEP é reduzida e não é suficiente para proteger as nossas células de tantas toxinas. Isso influencia na causa de diversas doenças celulares.

Como surgiu a fosfoetanolamina fórmula (calcium eap)?

A fórmula da fosfoetanolamina foi desenvolvido na Alemanha na década de 1960 pelo Dr. Hans Nieper e sua produção foi iniciada por uma pequena empresa química, a Dr. F. Koehler Chemie. Inicialmente o AEP de cálcio tinha a principal função no tratamento da Esclerose Múltipla. Também era muito eficaz na redução dos efeitos prejudiciais das infecções virais como por exemplo fadiga crônica. Outras doenças que obtiveram uma boa resposta com essa fórmula foram alergias, asma, problemas de circulação, hemorragia capilar, câncer, doença renal crônica, diabetes, esclerose lateral, pressão arterial, leucodistrofia e osteoporose.

Dr Nieper após utilizar em diversos pacientes a fórmula criada por ele, afirmava que todos os pacientes que utilizaram o AEP em suas terapias a longo prazo, não envelheceram internamente e nem externamente, pois as veias varicosas não se deterioraram mais e o envelhecimento da pele reduziu muito. Havia também uma fórmula que era utilizada para acalmar e harmonizar os nervos para melhorar as condições neurológicas das pessoas, incluindo transtornos de ansiedade e hiperatividade, a mistura era feita de AEP de cálcio, magnésio e potássio.

Após tratar milhares de pacientes com Esclerose Múltipla ao longo de vários anos, Dr Niper verificou a avaliação desses pacientes e constatou que quase nenhum desses pacientes desenvolveram câncer. Também verificou que haviam oito pacientes com repetidas cirurgias para tratar o câncer de cólon no período de seis anos, que após se tratarem com a terapia de AEP de cálcio, não possuíam mais nenhuma recorrência do câncer.

Aplicações em pacientes com Esclerose Múltipla

No ano de 1967, mais de 50.000 doses de AEP já haviam sido aplicadas diariamente e os resultados foram nítidos. Os pacientes que possuíam distúrbios de Esclerose Múltipla melhoraram consideravelmente. O fosfoetanolamina era aplicado por via intravenosa (três vezes por semana uma dose de 400mg cada) e na forma de comprimido (1,5g todos os dias). Quando uma pessoa possui Esclerose Múltipla, significa que sua membrana celular existente em todo seu corpo está danificada, afetando também a mielina, que é um condensador múltiplo que mantém a fibra do nervo central junta.

A Esclerose Múltipla não é uma doença neurológico, mas sim uma doença que vem a partir do sistema da membrana celular. O sistema da matriz óssea, as membranas dos alvéolos pulmonares, os rins, o sistema do trato urinário, as membranas dos glóbulos vermelhos, os revestimentos internos dos pequenos vasos e muitos outros locais do corpo são afetados por essa doença.

Após vinte e quatro anos de pesquisas desde o início do tratamento em 1964, mais de 2.280 pacientes foram foram tratados com Esclerose Múltipla, sendo 800 deles da América do Norte. Foi constatado que os resultados foram muito bons e interessantes em diversos aspectos e inquestionavelmente melhores do que qualquer outro tipo de tratamento para a Esclerose Múltipla que era conhecido. Em 1966 já era evidente os efeitos positivos desse tratamento contra a Esclerose Múltipla que a Autoridade de Saúde Alemã de Berlim aprovou esse tratamento identificando-o como Cálcio-AEP e divulgou em todo o país em pacotes e folhetos que era o melhor tratamento para Esclerose Múltipla.

Sucesso do tratamento de asma com calcium eap

Mesmo que desde aquela época já soubessem que a fosfoetanolamina calcium 2 aep possuía efeitos protetores e positivos sobre toda a estrutura óssea, pulmões, rins e diversos outros órgãos, somente nos últimos 15 anos que as pesquisas sobre essa fórmula no tratamento da asma foram vistas com mais atenção. Os resultados foram extremamente positivos, já que a asma o resultado de um distúrbio da troca gasosa nas membranas dos alvéolos pulmonares.

Um exemplo de como a asma pode ocorrer é quando se obtém excesso de alto teor de dióxido de carbono no sangue, isso irá resultar em uma reação que irá restringir os vasos pulmonares e pequenas vias aéreas, causando a asma. Um outro detalhe é que quando isso ocorre, o pulmão sofre uma degeneração prolongada, podendo se transformar em uma enfisema com perda de alvéolos causando fibrose no tecido pulmonar devido à cicatrização no tecido conjuntivo.

Utilizando o cálcio AEP regularmente, irá resultar na normalização das funções da membrana celular dos alvéolos pulmonares, permitindo que a troca de gás possa se recuperar em grande parte. Esse resultado não era evidente até que uma tecnologia de análise de gás realmente eficaz fosse introduzida nos últimos anos. Os resultados são que nos dias atuais os pacientes que sofrem com asma reduziram drasticamente, especialmente quando se trata de crianças e adolescentes.

Foi verificado também que o uso de sais de fosfato de colina funcionam na normalização da troca gasosa no pulmão, isso o torna no tratamento básico mais importante para superar qualquer doença pulmonar degenerativa e asma. Existem também uma frequente mobilização indesejável de cálcio dos ossos que tendem a descalcificar, isso ocorre devido ao stress do dióxido de carbono no sangue e o cálcio AEP evita que isso ocorra nos ossos, mantendo sempre o cálcio ativo.

Após iniciar o tratamento de asma utilizando fosfoetanolamina calcium 2 aep, em poucas semanas os sintomas de asma irão reduzir drasticamente e quase desapareceram.

Sucesso no tratamento de diabetes com calcium eap

No início da década de 1970 também foi reparado que todos os pacientes que tinham diabetes sentiam-se muito melhores após serem tratados com fosfoetanolamina calcium AEP. Isso ocorria pois o metabolismo e a tolerância ao açúcar melhoraram com o uso desse produto, os rins também reagiram favoravelmente com o tratamento.

Um dos grandes problemas da diabetes não é o aumento do nível de açúcar no sangue, mas as consequências decorrentes disso. Quando o organismo possui um número excessivo de glicose, isso resulta na produção de depósito de açúcar tão numerosas que se tornam inaceitáveis na estrutura do organismo, desde os glóbulos vermelhos até as membranas celulares, atrapalhando o sistema de circulação sanguínea.

Estes danos podem ser verificados facilmente após observar os pequenos vasos da retina e suas estruturas dependentes. Nos Estados Unidos a diabetes é a segunda maior causa da cegueira, isso porque ela causa uma retinite chamada de “retinopatia diabética”. Toda atividade intelectual é prejudicada consideravelmente nos menores danos ocorridos nos pequenos vasos sanguíneos, ou seja, a capacidade de usar o cérebro é reduzida. Até mesmo com os vasos sanguíneos maiores, como a aorta, as artérias cardíacas e principalmente a artéria carótida do pescoço, que sua função bilateral correta é indispensável para fornecer sangue ao cérebro, assim também como as artérias na pelve e nas pernas, que sempre são afetadas pela diabetes.

Os órgãos mais ameaçados pela diabetes a longo prazo são os rins, pois os glomérulos que deveriam constituir um pequeno pacote vascular são destruídos lentamente pelo peso da glicose. Certamente quem sofre de diabetes irá possuir insuficiência renal e terá que se submeter à máquina de diálise.

Nos últimos vinte e quatro anos, foram observados que os pacientes que utilizavam fosfoetanolamina calcium 2 AEP, inclusive os que sofreram de Esclerose Múltipla, que a retinopatia diabética não irá ocorriam nos diabéticos, o que colaborou com vários oftalmologistas a concluírem que essa terapia é extremamente eficaz na regularização da função da retina.

Foram encontrados também a necessidade maior de vitamina c nos pacientes que sofriam os efeitos colaterais da diabetes, especialmente no rim. Como a vitamina c é assimilada melhor quando o cálcio de AEP é introduzido no sistema da membrana. Esse é um dos motivos desse tratamento também ser combinado com grandes doses de vitamina c, já que a deficiência de vitamina c, conhecida também como escorbuto, é uma doença das membranas celulares.

Para a terapia são necessários 400mg de cálcio AEP administrados por via intravenosa de 1 a 3 vezes por semana, além das doses em comprimidos de 1,5g de cálcio AEP e/ou AEP de magnésio e potássio.

É verdade que o calcium eap usado na cura do câncer?

A energia dos sistemas de condensação é muito necessária para reparar os genes do plasma celular, esse mecanismo é conhecido como oncostatina, podem bloquear ou extinguir descarrilamentos genéticos que causam uma desordem celular cancerígena. Portanto quando se têm câncer, é importantíssimo manter a capacidade de condensação das membranas celulares em seu nível normal.

Mais de 3.600 pacientes com Esclerose Múltipla foram tratados com cálcio AEP e magnésio, quando foi constatado que os homens não desenvolveram nenhum adenomas prostáticos ou câncer de próstata. Foi confirmado também que todas as mulheres com Esclerose Múltipla que foram tratadas até o momento, somente em três foram encontrados cânceres de mama.

Nos últimos seis anos foram realizados estudos em pacientes com câncer de cólon com até 3 recorrências repetidas. Foram ao todo 8 pacientes, até o momento não foi houve nenhuma recorrência de câncer nesses pacientes que foram tratados com 2 a 3g de fosfoetanolamina calcium aep diariamente. O mesmo resultado ocorreu para os pólipos do cólon depois de sua primeira remoção. Por mais que os resultados até agora observados sejam surpreendentemente positivos, o estudo continua sendo feito e precisa de mais tempo para ampliar o número de casos.

O professor Roger Chammas, coordenador do Centro de Pesquisa Translacional para Oncologia do Instituto do Câncer de São Paulo, afirma que a molécula é capaz de causar alterações na membrana das mitocôndrias das células tumorais. Esse tipo de mudança faz com que essas organelas que estejam em pouca atividade até então, possam retornar à atividade trazendo uma maior vulnerabilidade das células cancerígenas. Isso facilita a identificação dessas células no sistema imunológico do corpo e provoque uma apoptose (autodestruição celular) nelas, impedindo que essas células cancerosas se multiplicam e aumentam o câncer.

Calcium 2-EAP Fosfoetanolamina fosfoetanolamina - Calcium 2 EAP Fosfoetanolamina2 - Calcium 2-EAP Fosfoetanolamina

Como posso comprar Calcium 2-EAP Fosfoetanolamina?

Por ser um produto importado é muito difícil de ser encontrado aqui no Brasil fosfoetanolamina calcium 2 aep à venda, o mais indicado é comprar nos sites que vendem suplementos e medicamentos importados.

O preço costuma variar de acordo com o dólar e o frete quando se trata de adquirir esse produto em lojas online.

Um detalhe importantíssimo na hora de comprar o seu fosfoetanolamina calcium é verificar se a loja possui um bom histórico com seus clientes, experiência na entrega de produtos como suplementos e claro saber se é o melhor preço para comprar o seu produto.

A Suplementos Mais Baratos possui mais de 10 anos de experiência na venda de suplementos online, sempre cumprindo com os prazos de entrega e oferecendo os melhores preços de produtos importados para seus clientes.

Gostou? Compartilhe!

Artigos assinados pelo Suplementos Mais Baratos são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Acesse: www.suplementosmaisbaratos.com.br

Nos conte sua opinião!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.