Esteroides anabolizantes

0 comments
Esteroides anabolizantes  Esteroides anabolizantes Esteroides anabolizantes 740x355
Gostou? Compartilhe!
Esteroides anabolizantes
4 (80%) 2 votos

Esteroides anabolizantes são drogas fabricadas para substituírem o hormônio masculino, a testosterona, que é fabricado pelos testículos.

Essas drogas ajudam no crescimento dos músculos, criando um efeito anabólico e também no desenvolvimento das características sexuais masculinas como: pelos, barba, engrossamento da voz, efeito androgênico e outros. Os esteroides anabolizantes também costumam ser utilizados como medicamentos para tratamento em pacientes que não produzem uma quantidade suficiente de testosterona, podendo ser utilizado nas duas práticas (tanto como medicamento como para crescimento dos músculos) em cápsulas, comprimidos ou injeção intramuscular.

O que são os Esteroides Anabolizantes?

As pessoas que não utilizam os esteroides anabolizantes para fins médicos, fazem uso para melhorar seu desempenho nos esportes, aumentar a massa muscular e reduzir a gordura corporal. Esses usuários são atletas, mesmo que o uso dessas drogas esteja se espalhando entre os não atletas também, que estão sempre em busca de um corpo forte e desenvolvido. Os homens costumam ser os maiores usuários das drogas e anda assim o uso também tem crescido muito entre as mulheres.

o que é anabolizante  Esteroides anabolizantes POSI    ES ILUSTRA    ES 03 300x300

O que acontece quando uma pessoa é pega fazendo uso de anabolizantes?

Por ser um medicamento, essas drogas não são ilícitas no Brasil, e para utilizá-las é necessário que exista uma receita médica. Os que fazem uso das drogas para fins estéticos sem indicação médica, caso sejam pegos utilizando podem acabar sofrendo consequências pelo uso indevido. Isso porque o Comitê Olímpico Internacional proíbe o uso dessas drogas por atletas e testes anti-dopping são realizados e caso seja detectado que o atleta em questão está fazendo uso dessas drogas o mesmo poderá sofrer penas duras.

E caso a pessoa seja pega fazendo uso junto a amigos ou vendendo esteroides anabolizantes, a mesma estará infringindo os seguintes artigos do código penal: Artigo 278 – Venda de substâncias nocivas à saúde e o Artigo 282 – Falso exercício da medicina.

Quais são os efeitos colaterais causados pelo uso dos esteroides anabolizantes?

Existem muitos efeitos colaterais que são divulgados por pessoas que não possuem as informações corretas a respeito do uso dos esteroides anabolizantes, são efeitos não confirmados e até mesmo mortes de pessoas que teriam ocorrido por conta do uso dos esteroides anabolizantes. Porém, é necessário inicialmente se preocupar apenas com as questões corretas, como:

  • As mortes “confirmadas” pelo uso dos esteroides anabolizantes, possuem um laudo que comprove a causa da morte?
  • Quem pode afirmar que outras substâncias farmacológicas não estavam sendo utilizadas pela pessoa morta em questão (mesmo que a pessoa também fizesse uso dos esteroides anabolizantes)?
  • Qual foi a dosagem utilizada da substância e se outras substâncias farmacológicas também estivessem sendo utilizadas, quais eram as dosagens utilizadas?

Não existem dúvidas de que o uso de qualquer substância em excesso pode ser letal para a saúde, assim também como o excesso de água também pode matar e é exatamente por isso que muitas pessoas morrem afogadas. Os esteroides anabolizantes são extremamente úteis para algumas pessoas, desde as que sofrem por depressão até mesmo pacientes aidéticos, e o uso dessas drogas colaboram ainda mais para os que desejam manter ou aumentar a massa muscular desde que seu uso seja devidamente prescrito e controlado por um médico especialista. Até mesmo os atletas que tendem a usar uma dose mais elevada da droga podem acabar encontrando nos esteroides anabolizantes uma das drogas menos arriscadas que um atleta pode utilizar se comparada a outras drogas potencialmente mais letais.

Existem poucas evidências que comprovem os efeitos nocivos dos esteroides anabolizantes, que são considerados nos EUA, drogas de categoria classe A, estando na mesma categoria de drogas como Cocaína e LSD, o que causa espanto em seus usuários, pois os esteroides anabolizantes não causam dependência.

Conheça os efeitos colaterais que realmente são causados pelos esteroides anabolizantes:

1. CALVÍCE

A Dihidrotestosterona (DHT)faz com que o folículo capilar pare exercer sua função: crescer cabelo. Homens com tendência a calvície têm mais concentração de DHT e afinidade a androgênicos no folículo do cabelo.

Como medida paliativa, algumas pessoas utilizam androgênicos tópicos como minoxidil e polysorbate 80, mas com pouco ou nenhum resultado para
a maioria. No entanto pareça que a persistência no uso dessas substâncias seja a melhor opção, pois o resultado se torna mais consistente após meses de aplicação contínua.

2. HIPERTROFIA PROSTÁTICA

Também se observa que DHT tem importante papel no mecanismo de aumento prostático. Esse problema acontece com homens de mais idade, nos quais naturalmente a quantidade de DHT é maior. Só nos Estados Unidos ocorrem aproximadamente 400.000 prostatectomias anuais, isso é
um problema sério para muitos homens. Cuja solução é uma classe de medicamento denominado inibidor de alpha-redutase. Como o nome já diz, esse medicamento inibe a enzima que converte a testosterona em DHT.

Uma dessas drogas, comercialmente disponível, denomina-se Proscar.
Esse medicamento pode ocasionar efeitos colaterais, como impotência, perda de interesse sexual e dores de cabeça em um número pequeno de pessoas.

3. ACNE

A DHT também se relaciona com a formação de acne por fazer com que a glândula sebácea produza mais óleo, combinando isso com bactérias do ar, pele seca e outros fatores, forma-se a acne. Como medida paliativa, pode-se utilizar remédios tópicos como retin-A, mas com a
desvantagem de ocasionar vermelhidão na pele.

Os esteróides variam quanto a sua tendência em se converter em DHT. Drogas ricas em andrógenos, tais como metandrostenolone (Dianabol) e oximetolona (Hemogenim), tendem a se converter rapidamente em DHT enquanto drogas, como oxandrolone (Anavar) e decanoato de
nandrolona (Deca-Durabolim), não se convertem em DHT facilmente, não tendo dessa forma efeito pronunciado em relação a perda de cabelo, a acne e ao aumento da próstata.

Outros efeitos colaterais não necessariamente vinculados a produção de DHT podem também ocorrer.

5. AGRESSIVIDADE

Comportamento agressivo, ao meu entender, pode ser o pior efeito colateral do uso de esteróides. Homens são, normalmente, mais agressivos do que as mulheres, desde que não estejam em fase pré-mestrual, devido a presença em maior quantidade da testosterona no
organismo feminino. Apesar da agressividade ter um lado positivo na academia durante o treinamento, pode ocasionar sérios problemas sociais, como perda de controle no trato com problemas triviais diários que fazem parte da vida de todos nós, podendo também ocasionar
alienação e distanciamento daqueles que nos deveriam ser caros, os familiares, os amigos e os colegas de trabalho.

Novamente são os esteroides mais androgênicos que causam esse efeito
mais acentuado. Se um atleta é mais maduro emocionalmente, terá meio caminho andado para controlar esses efeitos ou para decidir por uma droga menos androgênica.

5. HIPERTENSÃO

Ocorre que alguns esteróides tendem a reter água em várias partes do organismo, inclusive no sangue, fazendo com que este aumente de volume e, em consequência, de pressão.

Os sintomas mais comuns da hipertensão são dores de cabeça, insônia e dificuldade respiratória. Essa pode também ser uma doença silenciosa, sem manifestações evidentes, o que a torna ainda mais perigosa.

Dessa forma, o atleta sob o uso de esteróides deve medir a sua pressão arterial regularmente. Normalmente, a pressão limite é de 130/90 sistólica e diastólica, respectivamente, mas são necessários algumas correções, dependendo da idade, sexo, diâmetro do braço, etc; por
isso só deve ser medida e interpretada por um médico. O sódio é elemento agravante, de forma que deve ser limitado na dieta por usuários de esteróides. Drogas como Dyaside, Catapres e Lasix são utilizadas no tratamento da hipertensão, mas são administradas exclusivamente com
controle médico.

6. LIMITAÇÃO DO CRESCIMENTO

Alguns esteróides, se utilizados por longo período ou em grande quantidade, têm como efeito colateral o fechamento prematuro dos discos de crescimento localizados nas epífises ósseas.

Certamente este não é um problema para usuários maduros, mas uma preocupação para os mais jovens ainda em crescimento. Para esse problema, a única solução é acompanhar a administração de esteroides com estudos radiográficos periódicos para verificar se está havendo
interferência no crescimento linear.

7. AUMENTO DO COLESTEROL

Os esteróides muito freq?entemente têm como efeito o aumento de LDL (mau colesterol) e a diminuição de HDL (bom colesterol). O aumento de LDL ocasiona o depósito de gordura nas artérias, aumentando o risco de enfarte e derrame. O aumento de colesterol plasmático
normalmente retorna ao normal após ter cessado o ciclo de esteroides. Limitar o consumo de gorduras saturadas e aumentar as atividades aeróbias são recomendações úteis para esse caso.

8. VIRILIZAÇÃO EM MULHERES

Podem ocorrer efeitos como crescimento de pêlos na face, engrossamento da voz, hipertrofia do clitóris e amenorréia. Para esse caso a escolha de esteroides com baixo componente androgênico é o melhor, muito embora esses efeitos são reduzidos ou desaparecem com o fim do
ciclo de esteróides.

9. DOR DE CABEÇA

Também ocasionada pelos esteroides mais androgênicos é um dos efeitos da elevação da pressão arterial. Limitar o uso de esteroides altamente androgênicos e controlar a pressão arterial é a principal medida. O uso de HCG (gonadotrofina coriônica humana, ver em dicionário de
drogas), também pode ocasionar ligeira enxaqueca.

10. IMPOTÊNCIA E ESTERILIDADE

No início de um ciclo de esteroide, normalmente o homem passa por um período de excitação sexual com aumento na frequência de ereções. Porém, esse efeito tem duração de algumas semanas, revertendo-se gradualmente para a perda de interesse sexual. Essa redução de libido é
resultado do cessamento ou diminuição na produção natural de testosterona devido a elevação excessiva de testosterona no corpo, proveniente da administração de esteroides anabólicos.
Qualquer sintoma de impotência é temporário e cessa a medida que o esteroide deixa de ser administrado.

Atletas que fazem ciclos de esteróides muito longos, periodicamente administram HCG (gonadotrofina coriônica humana) em intervalos regulares, normalmente a cada seis semanas. Nesse caso, a HCG estimula os testículos a produzir testosterona natural, evitando assim os
sintomas mencionados. O HCG também é utilizado no final do ciclo de esteroides para acelerar a volta da produção natural de testosterona e muitas vezes para reduzir o intervalo entre ciclos de esteroides.

Como os esteroides anabolizantes agem no organismo?

A principal ação dos esteroides anabolizantes no organismo é o aumento de água no interior das células musculares. O inchaço associado à pratica de exercícios físicos faz com que os músculos cresçam ainda mais rápido, mas essa é apenas uma das mudanças que ocorrem com o uso dos anabolizantes, que são drogas artificiais, que contam com ingrediente principal que é uma imitação da testosterona, o principal hormônio masculino.

o que é anabolizante  Esteroides anabolizantes POSI    ES ILUSTRA    ES 11 300x300Existem mais de 20 tipos de anabolizantes, para uso oral ou injetável. Depois de entrar no organismo os esteróides invadem certas células – como as musculares e as do fígado – e provocam alterações bioquímicas. Nos músculos, além de reter líquidos, os anabolizantes aceleram a atividade metabólica (veja no infográfico ao lado). “As drogas incrementam o anabolismo, que é a fase pós-exercício, em que o corpo repõe a energia e reconstrói as células degeneradas”, diz o médico Bernardino Santi, coordenador estadual de doping da Confederação Brasileira de Futebol. Se o sujeito pegar pesado na academia, pode ganhar até oito vezes mais massa muscular do que um malhador normal. A “mágica” custa caro para o organismo. Os efeitos colaterais são devastadores e podem levar à morte. Mas os anabolizantes também podem ter efeitos positivos. Sob controle médico, são indicados para quem sofre de doenças degenerativas, na reposição hormonal e até para astronautas após longas estadias no espaço.

Os anabolizantes podem ser administrados por via oral ou por injeções. Uma vez na corrente sanguínea, as moléculas da droga circulam em todo organismo. Na viagem, penetram nas células que formam os diversos órgãos, como fígado e coração, e nos músculos. Essas moléculas provocam alterações no citoplasma (o interior das células). Por meio da osmose, por exemplo, a água que está ao redor das células penetra em seu interior. Com isso, elas incham devido à dose extra de hormônio, o metabolismo celular aumenta – é como se a célula estivesse com todas as funções aceleradas.

A “pilha”, o inchaço e os exercícios intensos provocam hipertrofia muscular. Ou seja, os músculos crescem e aparecem por ser elástica, a célula aumenta de volume muitas vezes. Durante algum tempo os músculos, que também são elásticos, aceitam essa tensão. Assim, o bombado ganha massa rapidamente como os tendões são estruturas fixas e rígidas, não suportam o súbito aumento da massa muscular. Eles podem se romper ou, pior, se desprender dos ossos. O excesso de hormônio impede ainda o organismo de absorver cálcio, fragilizando os ossos.

Gostou? Compartilhe!

Artigos assinados pelo Suplementos Mais Baratos são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Acesse: www.suplementosmaisbaratos.com.br

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário:

  • Onde comprar?



  • Mais vistos hoje!

  • Fique por dentro ;)

  • RSS Treino e performance

  • Melhores avaliados

  • REDES SOCIAIS

    ÚLTIMAS POSTAGENS

    CN3 Cellucor - Cellucor CN3
    25 Sep 20170 comentários
    Androdiol - Hi-Tech Pharma
    22 Sep 20170 comentários
    1-AD - Hi-Tech Pharma
    21 Sep 20170 comentários

    TWEETS MAIS RECENTES

    Ler todos os tweets

    Suplementos Mais Baratos © Copyright 2015. Todos os direitos reservados

    Design e desenvolvimento por : Sucesso Web Team