Inibidores da fome – Alimentos e suplementos que ajudam a diminuir a fome: Saiba tudo sobre eles ! inibidores da fome - Inibidores da fome Alimentos e suplementos que ajudam a diminuir a fome Saiba tudo sobre eles  860x430 - Inibidores da fome – Alimentos e suplementos que ajudam a diminuir a fome: Saiba tudo sobre eles !

Inibidores da fome – Alimentos e suplementos que ajudam a diminuir a fome: Saiba tudo sobre eles !

Print Friendly, PDF & Email inibidores da fome - printfriendly pdf email button md - Inibidores da fome – Alimentos e suplementos que ajudam a diminuir a fome: Saiba tudo sobre eles !
Inibidores da fome – Alimentos e suplementos que ajudam a diminuir a fome: Saiba tudo sobre eles !
5 (100%) 1 voto

Todos os dias, vemos na internet e nas capas de revistas soluções inovadoras para a perda de peso, são tantos métodos formidáveis que fico imaginando que se eles funcionassem mesmo, o problema da obesidade estaria facilmente solucionado. Os absurdos são tão grandes que há inclusive, promessas de acabar com um instinto natural e necessário para a preservação da vida que é a sensação da fome, e eu me pergunto, quem em sã consciência acredita que isso seja saudável ou natural?

A fome é um processo fisiológico e  um sinal de que o organismo está precisando de combustível para continuar com seu funcionamento adequado, e não nos cabe driblar essa sensação, podemos até retardá-la mas não podemos ignorá-la, pois como diziam nossas mães e avós, “saco vazio não para em pé”.

A nossa fome e sensação de saciedade são reguladas por hormônios chamados grelina e leptina respectivamente, funcionando da seguinte maneira: quando o estômago fica vazio, aumenta a produção da grelina e sentimos a fome (é no estômago a principal produção deste hormônio), ao comermos o cérebro recebe a mensagem e então é produzida a leptina, que nos dá a sensação de saciedade e paramos de comer. Como pode-se notar, é um esquema perfeito de sinalização e funcionamento, por isso qualquer tentativa de driblar este sistema será prejudicial e falho, pois o natural é sentir fome e saciá-la.

Não é preciso parar de sentir fome para perder alguns quilos, pelo contrário, pois quanto menos o corpo é abastecido mais ele vai querer combustível, porém é possível aumentar a sensação de saciedade e portanto demorar mais para sentir fome, mas quando senti-la, é preciso obedecer e comer.

Existem recursos para aumentar a sensação de saciedade e prolongá-la e é sobre isso que iremos falar, mas é importante não esquecer que a alimentação adequada e a prática de exercícios físicos precisam estar aliados a qualquer um destes recursos para que o controle do peso seja saudável e duradouro.

Dica fácil e valiosa para aumentar a sensação de saciedade

Beba água antes das refeições, pois além de manter uma boa hidratação o estômago vai se distender, adiantando a sensação de saciedade na refeição.

Continue a beber água durante o resto do dia, a eliminação de líquido irá melhorar  inchaços, o que contribuirá para a perda de peso além de melhorar também a inflamação das células adiposas.

Alimentos que aumentam a sensação de saciedade e diminuem a fome nas refeições

  • Fibras: Estão presentes em cereais, verduras e frutas. Inicie refeições como almoço e jantar com uma salada rica em folhas e outros vegetais crus (cenoura, pepino, tomate, rabanete, etc), podendo acrescentar também algumas sementes como chia, linhaça, semente de girassol, etc. As fibras destes alimentos  ajudam a diminuir a fome, e ao ingerir o resto da refeição sentirá maior saciedade, diminuindo assim as calorias e facilitando a perda de peso.
  • Ovo: Começar o dia comendo essa proteína é uma ótima opção para ter menos fome durante o resto do dia, isso acontece porque o ovo é rico em proteínas e isso aumenta a saciedade e diminui o apetite para as próximas refeições.
  • Abacate: Seu alto teor de fibras e gorduras benéficas dão uma sensação maior de estar com o estômago cheio, as gorduras presentes no abacate aumentam a produção de hormônios que estimulam a saciedade, porém, por ser também muito calórico não deve-se exagerar nas porções.
  • Maçã: Tem uma excelente quantidade de fibras que vai manter a sensação de saciedade, além de ser rica em cromo, um mineral que atua no controle da quantidade de glicose no sangue e na produção de insulina, esta ação do cromo diminui a fome.
  • Pera: A pera, além de baixo teor calórico é rica em fibras e também em água, o que aumenta a sensação de saciedade, comer uma pera 30 minutos antes das refeições diminui a fome.
  • Gengibre:  Diminui a fome por sua ação termogênica( estimula a queima de calorias).
  • Linhaça e chia: São duas sementes ricas em ácidos graxos essenciais (ômega 3 e ômega 6) que aumentam a sensação de saciedade e estimulam a produção da leptina que age na saciedade.
  • Pimentas: São ricas em capsaicina, que diminui o apetite e age acelerando o metabolismo, duas ações que estimulam a perda de peso.
  • Chocolate amargo: As substâncias presentes agem retardando a digestão e aumentam a sensação de saciedade.
  • batata doce: Por ser rica em fibras, tem baixo índice glicêmico contribuindo para diminuir  a absorção da glicose e aumentar a sensação de saciedade, diminuindo a fome.
  • Leite desnatado: Suas proteínas são de absorção lenta e por isso a sensação de saciedade é prolongada.
  • Amêndoas: Rica em gorduras benéficas e também em fibras, aumenta a saciedade e retarda a sensação de fome.

Diferenças de Suplementos que diminuem a fome e Medicamentos inibidores de apetite

É importante diferenciar os suplementos que inibem a fome dos medicamentos inibidores de apetite, pois suplementos são produzidos a partir de parte de alimentos, já os medicamentos inibidores do apetite, são compostos por substâncias químicas que agem diretamente no cérebro alterando o funcionamento dos centros da fome e da saciedade.

Os medicamentos inibidores são perigosos e causam dependência, tem efeitos colaterais muito prejudiciais e devem ser prescritos pelo médico, não podem ser utilizados por um longo período e quando é suspenso o tratamento, na maioria das vezes ocorre novamente o ganho de peso.

Os suplementos para emagrecimento que diminuem a fome, agem geralmente dando a sensação de saciedade e digestão mais facilitada dos alimentos, sendo muito menos prejudiciais para a saúde e podem ser prescritos por um nutricionista, embora muitas vezes sejam comprados aleatoriamente, pois não necessitam de receita médica.

Apesar de serem provenientes de alimentos, qualquer suplemento deve ser tomado com cautela, pois podem trazer efeitos colaterais.

Aqui estão alguns destes suplementos:

  • Quitosana

É derivada das fibras de crustáceos, sua ação está relacionada com a diminuição da absorção das gorduras e também contribui para a sensação de saciedade.

Não deve ser utilizada por quem tem alergia a crustáceos e frutos do mar.

  • Picolinato de cromo

O cromo, como já foi citado antes, é um mineral que ajuda a insulina a controlar a glicose sanguínea, agindo desta maneira no metabolismo dos carboidratos, esta ação auxilia a diminuir a vontade de comer doces.

Há efeitos colaterais do excesso na dosagem, dor de cabeça, problemas gastrintestinais e dermatites.

Pessoas portadoras de câncer, doenças que causam baixa imunidade e diabéticos não devem usá-lo antes de consultarem o médico.

Este suplemento teve sua explosão de consumo há alguns anos, atualmente ainda é utilizada, mas já existem outras opções, ainda assim este produto continua sendo escolhido por muitas pessoas.

É uma alga que possui grande quantidade de proteínas, minerais e vitaminas, ela diminui o apetite por ser rica em proteínas, aumentando a sensação de saciedade.

A spirulina também é rica em magnésio, um mineral que auxilia na sensação de bem estar.

  • Whey protein

Apesar desta não ser a função principal deste suplemento, a grande quantidade de proteínas que possui é responsável pela sensação de saciedade, sendo então também utilizado para a perda de peso.

Vale ressaltar aqui, que este suplemento na ausência da prática de exercícios poderá aumentar o peso de quem o consome.

  • Cápsulas ou óleo de chia

As gorduras benéficas da chia ajudam a produção da leptina, que é o hormônio da saciedade.

Conclusão

A fome é uma sensação fisiológica e não devemos lutar contra ela, podemos usar recursos para retardá-la ou para nos sentir mais saciados quando precisamos perder peso, mas não existem milagres.

Não existe perfeição, existe photoshop, nem tudo o que vemos nas revistas é verdadeiro… E a beleza não está associada apenas a um corpo magro!

Referências:

  • http://www.sitedebelezaemoda.com.br/24-alimentos-que-sao-inibidores-naturais-da-fome/
  • https://www.dicasdemulher.com.br/inibidores-de-apetite-naturais/
  • https://guiadocorpo.com/inibidor-de-apetite/

 

Começou a se interessar por esporte logo após concluir a faculdade de jornalisto, quando mudou o foco de trabalho para atuar com nutrição esportiva, para isso iniciou uma nova graduação e em seguida a especialidação. Hoje ajuda milhões de pessoas no Blog SMB e também com divulgações científicas.

Nos conte sua opinião!

x'