Como fazer supino perfeito

Como fazer Supino Perfeito : Dicas sobre erros comuns

Tempo de Leitura: 5 minutos

Supino

Supino exercicio
Supino exercicio

O treino supino é um dos mais populares na academia e é muito provável que você, em algum momento, já tenha realizado esse tipo de exercício.

O que a maioria das pessoas não sabe é que ele pode ser feito de diferentes maneiras, visto que possui muitas variações, que trabalham com a musculatura peitoral e de outras partes do corpo de forma distinta.

O objetivo desse artigo, portanto, é mostrar tudo sobre o exercício supino, como executá-lo corretamente, suas variações e os cuidados a serem tomados com ele.

Vamos lá!

Exercício Supino o que é ?

supino como fazer
supino como fazer

O exercício supino é um dos tipos mais básicos na musculação e está presente na maioria das fichas de quem vai à academia, ou já esteve inclusa nela em algum momento.

Esse exercício garante benefícios como a hipertrofia da musculatura peitoral, dos ombros e também do tríceps, além de ajudar na construção da parte superior do coro.

Suplementos para melhorar a execução do supino

Um outro ponto importante sobre ele é que o mesmo possui muitas variações, podendo ser feito com barra, haltere e em máquinas, na horizontal, na vertical ou inclinado, e aqui mostraremos tudo sobre ele.

LEIA >>>  Reumatismo e Tratamento Natural para alívio

Como fazer corretamente ?

supino variações
supino variações

A execução correta do supino é essencial para você garantir que terá um excelente resultado na hipertrofia, no ganho de força muscular e ainda que irá evitar lesões na musculatura, nas articulações e ligamentos.

A seguir, veja os passos para aprender a como executar corretamente esse exercício:

Para que serve : Principais músculos envolvidos

supino musculos
supino musculos

Os músculos envolvidos no exercício supino irão variar considerando qual é o tipo de variação que você irá executar, por isso o músculo peitoral pode ter um enfoque único, ao passo que em outros os tríceps ou deltoides também atuam.

Os principais músculos envolvidos no treino do supino são:

Variações do supino e movimento

As variações do supino são bastante diversas e permitem que você encontre aquelas opções que encaixam-se melhor no alcance dos seus objetivos de hipertrofia.

A seguir, você vai conhecer quais são as principais!

Supino com halteres

A primeira variação é o supino com halteres, na qual o treino com a barra é modificado, de modo que você possa alcançar uma amplitude bem maior.

Além disso, usando os halteres torna-se mais difícil controlar a carga, exigindo então o uso dos músculos do braço para a estabilização e execução correta.

Supino com barra

O supino reto com barra é a variação mais comum do exercício, podendo ser usada a barra também para a variação inclinada.

O uso da barra, apesar de permitir uma amplitude maior, ajuda a controlar melhor a carga e mantém o foco do exercício no peitoral.

Supino com halteres inclinado

Aqui, como acontece com o supino reto com halteres, a barra é substituída e permite que você tenha uma amplitude maior na hora de realizar o exercício inclinado.

Ele permite que seja trabalhada a região do peito, mas também os ombros e os braços.

LEIA >>>  Óleo Essencial de Olíbano - Frankincense

Supino com anilha

O treino de supino com anilha é uma variação que tem se tornado cada vez mais popular nas academias, sendo uma opção para concluir o treino de peito.

Além de estimular o peitoral maior, esse exercício ainda ajuda a trabalhar melhor o ombro, bem como as fibras médias e inferiores do peito.

Supino para tríceps

Para que você possa usar o supino para o treinamento do tríceps, a dica é fazer o exercício com a variação da pegada fechada na barra.

Com essa posição, o músculo tríceps vai ser trabalhado com intensidade ao invés do foco ser o peitoral, o que vai trazer um trabalho excelente para a hipertrofia.

 

Supino vertical

O exercício de supino vertical é realizado em uma máquina na qual você estará sentado, realizando assim uma variação do peitoral no exercício tradicional.

Mesmo que seja um exercício que muitas pessoas usam, é fato que ele não é tão popular nas academias e as pessoas costumam optar por outras variações para o treino de peito.

Supino inclinado

O supino inclinado trata-se de uma variação do exercício que permite trabalhar o peitoral maior com uma ênfase sobre a porção clavicular, sobre o músculo deltoide e o tríceps braquial.

Ele é feito em um ângulo de 45º, ajudando a estimular dessa forma a porção superior do peitoral maior.

Supino máquina

O supino pode ser executado na máquina, para as pessoas que não desejam usar halteres ou barras, mas ele acaba deixando o exercício bem mais “engessado” e reduz as chances de amplitude para um maior treinamento do peitoral maior.

Supino articulado máquina

Nesse exercício, uma variação do supino tradicional, as anilhas são posicionadas nos braços do aparelho, que contam com articulações móveis, trabalhando o peitoral, o tríceps e os ombros em sua execução.

Principais erros no supino

As pessoas costumam cometer muitos erros no momento de realizar a execução do exercício supino, então conhecer quais os principais ajudará você a ficar atento para evitá-los.

LEIA >>>  Melhores Suplementos para ganhar peso corporal

A seguir, veja quais são os principais:

Melhor exercício livre para substituir supino

Muitas pessoas querem evitar realizar o supino com barra ou em uma máquina, então a melhor opção é buscar por um exercício livre.

Esse tipo de exercício aumenta a força usada para execução dele, o que irá fazer com que o resultado de hipertrofia seja maior e ainda que trabalhe outras musculaturas do corpo.

A flexão de braço, por exemplo, é um exercício livre que permite trabalhar a musculatura peitoral, dos ombros e ainda dos bíceps, alcançando ótimos resultados.

Efeitos colaterais de erros no supino

A execução errada do supino, assim como acontece com qualquer outro tipo de exercício, pode ocasionar sérios efeitos colaterais.

Esses feitos podem ser diversos, como lesões no músculo deltoide, bem como nas articulações e ligamentos dos ombros, e também problemas na coluna e na região lombar, que acabam sofrendo uma enorme sobrecarga no exercício.

Conclusão

Como você viu, o supino é um exercício bastante popular na academia e que possui diversas variações, por isso é essencial conhecer tudo a respeito dele, incluindo as dicas de como executá-lo corretamente para ter bons resultados.

Neste texto, você conheceu mais sobre esse exercício, os erros que as pessoas mais costumam cometer na academia ao realizá-lo, os efeitos colaterais que esses erros podem gerar e ainda as variações mais importantes.

Com todas essas dicas, você vai conseguir então executar bem os exercícios e vai ter a hipertrofia desejada dentro de pouco tempo na academia.

Gostou do artigo de hoje sobre o que é o exercício supino e como executá-lo?

Deixe um comentário