Seja bem vindo!

Whey Protein

É a proteína extraída do soro do leite que possui alto teor de concentração, dependendo do tipo pode ser entre 39% a 95%. Possui rápida absorção e deve ser consumida principalmente após os treinos, que é onde os músculos necessitam se recuperar do treino pesado, ajudando na reconstrução e no aumento da massa muscular, e sendo assim, o Whey Protein é indicado para evitar o catabolismo.

Whey Protein é a proteína do soro do leite gerada durante o método de modificação do leite em queijo. Segue inúmeras vantagens de se fazer uso desse produto Whey Protein ao invés de outras fontes de proteínas, seriam elas:

Máximo valor biológico (VB 100), para se ter uma ideia, o valor biológico do frango está em 79, do peixe 83, carne vermelha 80, ovos de 88 á 100 e laticínios como o leite e queijo chegam a 80 o seu valor biológico, e que também seriam essas, outras fontes de proteínas apontadas para consumo;

Outro fator importante da Whey Protein, é a grande centralização de Glutamina e BCAA, e com um ressaltante a mais, já que fazendo uma comparação grama a grama a Whey Protein com diferentes fontes de proteína, ela é a que fornece mais aminoácidos eficazes para o nosso corpo, sem a acrescimento de colesterol e gordura.

Tipos de Whey Protein:

Como a Whey Protein é extraída do soro leite, a quantidade de água também é muito grande, chegando a representar 93 a 95% do que foi retirado e apenas 0,7 a 1,2% de proteínas, um valor muito baixo ainda. Para isso é imprescindível passar pelo processo de microfiltração e ultrafiltração pelo meio de precipitação por ácidos ou bases, com troca iônica ou separação por membranas, resultando em uma maior concentração de proteínas.

Esse produto é aconselhado para quem tem objetivo o ganho de massa muscular sem ter que gastar muito dinheiro para isso, já que essa é a alternativa mais em conta financeiramente. Isso se deve ao custo para preparação desse Whey ser reduzido, pois essa versão passa apenas pelo processo leve de filtragem, citados anteriormente como Microfiltração e Ultrafiltração. Resultando em 70 a 80% de proteínas e dividindo o resto entre carboidratos e gorduras. Ainda sim esse tipo de Whey Protein contém grandes quantidades de BCCAs e glutaminas, além de a maior parte das frações peptídicas serem mantidas. Essas partículas têm a responsabilidade por várias funções do nosso organismo e aprimoram nossa imunidade já que possuem ações antioxidantes.
Esse produto tem a concentração de proteínas é bem grande se compararmos a Whey Protein concentrada, por ter que passar por um processo de filtragem muito maior e sofrer troca iônica. Resultando em até 95% de proteínas, em algumas marcas de Whey chega a ser zero a quantidade de carboidratos e gordura. Uma excelente alternativa para quem está em dieta de redução calórica, visando o emagrecimento ou a definição do corpo.

Esse produto passa também por uma filtragem meticulosa, esse tipo de Whey Protein passa por um método conhecido como hidrólise, onde é realizada a quebra das cadeias proteicas em fragmentos menores de peptídeos. O que facilita e torna ainda mais rápido a absorção desse tipo de Whey Protein pelo nosso organismo.

Grande parte das marcas de Whey Protein tem uma excelência em qualidade, e mencionamos como exemplo a Whey Protein Gold Standard da Optimum Nutrition, que contém em sua composição esses 3 tipos de Whey Protein: Concentrada (WPC) Isolada (WPI) e Hidrolisada (WPH), fornecendo a mais pura proteína de qualidade ao seu consumidor.

→ Promove maior retenção de nitrogênio (fator que colabora no desenvolvimento muscular);

→ A Whey ainda possui em sua fórmula uma ação antioxidante, fortalece o sistema imunológico e diminui os sintomas de overtraining;

→ Quando o consumo de whey protein é orientada por um profissional e acompanhada a uma dieta para tal objetivo, a whey protein colabora bastante na perda de peso e emagrecimento;

→ E outro fator que é eficaz na Whey Protein, é sua acelerada absorção, algo de muita importância para quem faz uso dessa proteína para hipertrofia na musculação. Pois logo depois do treino, o músculo se torna mais receptivo a nutrientes, proporcionando uma grande absorção de proteínas e seus aminoácidos. Garantindo com isso um perfeito ambiente anabólico, já que ela por si só, já aumenta a síntese proteica, e imagine depois de um treino intenso;

→ Os efeitos benéficos da suplementação com a proteína do soro do leite (WP), na promoção de saúde e consequentemente a melhora do desempenho na realização de exercícios aeróbicos;

→ Auxilia na redução dos níveis de colesterol “ruim” (LDL), enquanto aumento o chamado “bom” colesterol (HDL).

A indicação do fabricante que esse produto seja ingerido logo depois do treino, outro horário muito recomendado para se tomar a Whey Protein, é quando acordamos, já que passamos um grande período sem se alimentar, e o catabolismo é certo, então nada melhor do que a Whey Protein e sua rápida absorção.

Nos casos de hipertrofia, é recomendado é tomar a Whey no pós-treino juntamente com a dextrose, já que o carboidrato colabora no transporte de nutrientes para dentro das células, sejam as proteínas, creatina, BCAAs e glutamina. Graças ao pico de insulina determinado pelo alto índice glicêmico desse carboidrato.

Então seja simples na hora de preparar o seu shake, misture dentro dele com 200 ml de água, 30 a 40 gr de Whey Protein com maltodextrina/dextrose

Posso tomar whey protein com outro suplemento ou termogênico?

O Whey protein pode ser tomado juntamente com termogênicos ou outros suplementos sim, desde que sejam orientados por um profissional após avaliar suas reais necessidades.

Whey Protein engorda ou emagrece?

Esse produto também é indicado para quem quer emagrecer, sem perder massa magra. Pois colabora bastante no controle dos níveis de açúcar no sangue, saciando a fome mais rápido do que outras proteínas.

Efeito colaterais

O principal efeito colateral que pode ser causado pelo whey protein está relacionado a presença de lactose, já que pessoas com intolerância ao açúcar do leite apresentam alguns problemas como gases, diarreia, cólicas e má digestão.

Nesse caso a pessoa deve seguir orientação de um profissional que pode aconselhar o uso do whey protein isolado, já que grande parte dessa versão do produto, não possui lactose em sua composição.

Prejudica os rins?

Até o momento não existem estudos conclusivos que indiquem que a whey prejudica os rins. Apenas indivíduos que já apresentavam algum tipo de deficiência renal, tiveram complicações após o consumo. Claro que o consumo em excesso e sem orientação pode vir a causar problemas em pessoas sadias. Por isso que frisamos mais uma vez a importância da orientação de um profissional.

5 Produto(s)

por página

5 Produto(s)

por página